EnglishFranaisItalianoPortugusEspaol

Férias em Bonito com ou sem filhos?

Férias em Bonito com ou sem filhos?

O verão vem, as férias estão praticamente ao virar da esquina e as viagens para Bonito são principalmente planejadas.

Razões para escolher entre uma ou outra possibilidade certamente há muitas. Vou explicar os motivos que me levam a pensar que, para viajar, melhor com as crianças, mas acho que seria bom enriquecer a opinião dos pais que lêem:

 Desde que eu era pequeno, eu sempre fui de férias com meus pais, na verdade, há apenas dois anos atrás descobri que haviam pessoas que estavam viajando sem seus filhos. 

Eu direi o diálogo que tive com uma amiga no dia da descoberta:

 

Eu: Ah, esse é o seu filho! Não o conhecia.

 Ela: Sim, ela tem nove meses de idade!

 Eu: Como o tempo passa … A última vez que te vi, você estava grávida

Ela: Bem, você sabe o que aconteceu? Nós fomos a uma viagem de uma semana para Nova York, e ao retornar era mais raro …

Eu (da minha mais profunda ignorância, pensando que todos tinham deixado juntos e que a criança tinha afetado a viagem e o avião) é claro, se tantos dias e tanto avião.

 Ela: sim, sim. Olha, ele estava com minha mãe, que já a conhece, mas quando voltamos, viramos nossos rostos e tudo.

 Eu (estupefato): Ah! Mas há quanto tempo?

 Ela: Nada, há um mês ou mais …

Claro, a criança tinha então oito meses, o que coincide com o tempo em que uma maior ansiedade de separação pode ser exibida. Ele me deixou pedra, sorvete … um menino de oito meses por uma  semana sem os pais. Não que existisse mais problema no cuidado, certamente a avó cuidou dele divinamente, o problema é que um filho daquela idade acha que seus pais desapareceram da face da terra (se eles tivessem feito a viagem antes provavelmente teria Afetado menos).

Desde então, conversei com muitas mães e pais e muitos defenderam sua necessidade de se desconectar e escapar dos dois para fazer alguma viagem. Eu pessoalmente não sinto essa necessidade e as razões pelas quais eu sempre viajaria com crianças são as seguintes:

  • Quanto mais nós somos, mais rimos: é uma frase dita, mas totalmente verdadeira. Eu acho que os momentos de relaxamento, descanso e diversão devem ser compartilhadas com aqueles que você mais aprecia.
  • Nós não somos mais um casal, agora somos uma família: muitas pessoas pensam que para manter o amor entre o casal vivo, eles tem que continuar fazendo as atividades que eles faziam antes, como um casal.

 Do meu ponto de vista, no momento em que você tem um bebê, o casal oficialmente deixa de ser dois, para se tornar uma família. Desta forma, a unidade familiar consiste de três pessoas (no meu caso de quatro), e onde quer que formos, se possível, iremos todos.

  • As crianças estão sozinhas por muito tempo: passam o ano entre a escola (ou a creche), a sala de jantar depois da escola. O contato com os pais é bastante pobre e o tempo é uma oportunidade perfeita para passar juntos e brincar, conversar, compartilhar, são férias, Afinal!
  • Você também pode viajar com eles: muitos amigos meus decidiram, depois de se casar, esperar alguns anos antes de ter filhos para viajar. No entanto, acho que você pode fazer tudo ao mesmo tempo, porque com eles você também pode viajar. Quando você é pequeno, você deve moldar um pouco para eles, seus horários e suas preferências, mas quando eles crescem, podem ir onde quiser.
  • Viajar é prazer, mas também é cultura: e para as crianças eles me parecem experiências maravilhosas se for possível oferecer-lhes.
  • O conceito de tempo é relativo: e o que para nós é de sete dias, para eles pode parecer meses. Depende lógicamente da idade, quanto menor a criança, mais tempo durarão as lembranças!

Estas são as razões pelas quais eu viajaria para Bonito com meus filhos!

Aproveite e faça uma simulação de sua viagem  CLICANDO AQUI

Leave a Reply

Your email address will not be published.

English English Português Português Español Español